fbpx

A experiência estética

A experiência estética é o encontro com a obra de arte. Sendo que a obra pode ser um desenho, um poema, um texto, uma imagem, uma canção.
Todos nós já experimentámos nalgum momento os efeitos reparadores e transformadores deste encontro com a obra, fosse num concerto, numa sala de cinema ou mesmo perante o desenho de uma criança. No entanto quantos de nós recorremos conscientemente à experiência estética como medicina? Ou como nutrição?

A arte, a beleza, a experiência estética são nutrientes essenciais para a vitalidade do nosso espírito.
Vivemos tempos de alienação da dimensão sagrada das nossas vidas. A insatisfação crónica, as adições, o consumismo são os sintomas de uma imensa fome espiritual.
Queremos plenitude nas nossas vidas, criar projetos, construir famílias, manifestar o nosso potencial através de relações saudáveis e trabalhos satisfatórios. Mas, como nos nutrimos? O que é que nos inspira? Qual é o combustível para potenciar a nossa vitalidade e poder criativo?

Sem inspiração não há esforço que nos valha.
A inspiração é o alimento do espírito. Vem do latim inspiratio e do verbo inspirare, que significa soprar ou insuflar. Recebeu a conotação “respirar profundamente” ou “ insinuar algo no coração de alguém”.
Tal como o ato de nos alimentarmos é intencional também o pode ser o ato de nos inspirarmos, o ato de insinuar algo nos nossos corações. É um ato de auto responsabilização na medida em que escolhemos potenciar a nossa criatividade. Não só para criar projetos, trabalhos, obras, mas para sermos criadores da nossa existência.
É uma questão de alimentar a minha paixão pela vida. Porque é essa paixão que insufla ar nos meus Desejos e é a minha relação com esses Desejos que ditará a qualidade da minha vida.

 

Esta web utiliza cookies. Puedes ver más información sobre esto en el enlace. Si continuas navegando, estás aceptándolas.    Ver
Privacidad