fbpx

Histórias de Mulheres

“Talvez nasçamos a saber os contos das nossas avós e parentes ancestrais, que nos correm no sangue repetindo-se interminavelmente, e o choque que sentimos quando pela primeira vez temos de suportá-los talvez não seja de surpresa mas sim de reconhecimento.” P. L. Travers (autora de Mary Poppins)

O choque vem quando, a certa altura, percebemos que isso que estamos a viver não é só a nossa história. É uma história que se repete, como as lendas da nossa terra que vão passando de geração em geração. Uma história que tem vida própria.
Perceber isso é sem dúvida um choque.

Mas podemos ver essa história como uma raiz que nos ajude a lembrar e nos devolve ao essencial.
E a partir dela criar novas histórias para as novas gerações.
Se podemos ver, podemos escolher e começar a perguntar-nos “Que legado desejamos agora criar?”

 

 

Collage para a tese “Árvores flutuantes, uma viagem no feminino – arte terapia com mulheres imigrantes”.

Esta web utiliza cookies. Puedes ver más información sobre esto en el enlace. Si continuas navegando, estás aceptándolas.    Ver
Privacidad